Daniel Gise

Portfolio

By

Oficinas Desbloqueio do Desenho

Em 2015 rolaram as primeiras cinco edições da oficina Desbloqueio do Desenho, que facilito junto com a Eliza Mania. Nosso desejo é auxiliar as pessoas a desenvolverem uma prática do desenho de observação, desenvolvendo a percepção, acolhendo sua própria expressão, redescobrindo o prazer de desenhar e que nesse processo tenham uma visão do próprio mundo interno.

Comecei a dar aulas em 2009 e  desde o início senti que as aulas de desenho poderiam ir além do ensino comum das técnicas, que o aprendizado poderia levar não só ao desenvolvimento dessa habilidade, mas que o processo pudesse servir também como uma ferramenta de autoconhecimento, descoberta de significado pra vida e de cultivo de qualidades positivas. Essa oficina surgiu como um primeiro passo nesse sentido.

Eu e a Eliza tivemos algumas conversas sobre criar uma dinâmica diferente para as oficinas, que nos tirasse de um do clima de sala de aula e movimentasse também o corpo, pra gente não ficar preso no nível mental. Ela vinha fazendo formação em Facilitação Criativa pela Artéria/PYE, que trás um trabalho bem interessante de dinâmicas de grupo com exercícios simples para gerar criatividade e decidimos mesclar com os exercícios de desenho.

Em nossas oficinas tem surgido pessoas de várias áreas com interesse no desenho: dança, educação, programação, psicologia, marketing, tatuagem. Elas querem desenhar, mas não sabem como ou nem sabem se seriam capazes de desenvolver essa habilidade.

A dificuldade em desenhar não está distante das dificuldades que temos na vida: a vontade de controlar os resultados das nossas ações, viver no automático, a dificuldade de ver as experiências como novas, se relacionando com elas a partir de experiências passadas, não conseguir enxergar através dos filtros de conceitos que temos, a autocrítica adquirida em alguma experiência no passado e nos assombra no presente. Pasmem: 90% da dificuldade não é motora! O que nós buscamos investigar na oficina é que os bloqueios são internos.

A nossa aposta é que a prática do desenho está acessível a todos, não é privilégio de alguns que nascem com talento. É preciso reaprender que todos somos criativos e podemos desenhar, e a partir daí a habilidade do desenho irá se construir com a prática.

O próxima oficina vai ser no dia 30/01, em São Paulo no espaço d`o lugar em Perdizes. Mais informações e inscrições no site do Cinese. Qualquer dúvida entre em contato: danielgise@gmail.com

cinese 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *